O que você precisa conhecer em Berlim

Berlim é uma cidade fascinante e encontra-se em constante transformação. Já sobreviveu à duas grandes guerras mundiais e a um muro. Ouso dizer que, atualmente, é o centro maior artístico-cultural europeu. Berlim está repleta de lugares que transpira arte e cultura, seja dentro dos museus e galerias, seja nos muros das ruas e restaurantes, seja nos biergarten e festas noturnas.

Passamos uma semana explorando a cidade e logo nos demos conta de que precisaríamos voltar em breve. Vamos listar neste post alguns lugares imperdíveis para conhecer em Berlim, especialmente se for a sua primeira vez na cidade.

Muro de Berlim

O muro de Berlim foi um dos ícones da Guerra Fria construído em 1961 para separar uma cidade em duas, o lado socialista e o capitalista. O muro foi derrubado em 1989 e ao contrário de esconder o passado, os alemães optaram por lembrar-se dele para seguir em frente.

Hoje existem 03 pontos onde é possível ver o muro de Berlim: Bernauer Strasse, East Side Gallery e Checkpoint Charlie. Todos estes lugares são de fácil acesso.

Kaiser-Wilhelm-Gedächtniskirche

Esta é uma igreja neorromântica de 1895 que foi bombardeada em 1943, durante a Segunda Guerra Mundial. Da estrutura original restou apenas a torre frontal e foi mantida como símbolo deste absurdo período. Uma nova igreja foi construída, em estrutura de concreto e vidro, ao lado da antiga entre os anos de 1957 e 1963.

A entrada é grátis. Aberta diariamente (exceto nos horários de missa). Para mais informações, visite o site oficial.

Siegessäule (Coluna da Vitória)

A Coluna da Vitória (ou coluna triunfal) foi projetada por Johann Heinrich Strack para comemorar a vitória da Prússia sobre a Dinamarca na guerra de 1864. A coluna ficava originalmente em frente ao Reichstag, mas foi transferia em 1938, pelo governo nazista, para sua localização atual. No topo tem-se uma excelente vista da cidade.

A entrada custa € 3 e está aberta diariamente entre 9:30h – 18:30h no verão. Durante o inverno o período de funcionamento é mais curto.

Tiergarten

O Tiergarten era uma floresta usada para a prática de caça. No ano de 1830 foi transformado em um parque enorme. É cortado pela Strasse des 17 Juni.

Sowjetisches Ehrenmal

O memorial à guerra soviética homenageia os mais de 300 mil soldados soviéticos que morreram na Batalha de Berlim, durante a Segunda Guerra Mundial. É também um cemitério.

 

Brandenburger Tor (Portão de Brandenburgo)

O Portão de Brandenburgo é um dos símbolos mais famosos (se não for O mais famoso) de Berlim. Começou a ser construído em 1788 com detalhes de arquitetura neoclássica e inspirado na entrada da Acrópole (Grécia). Originalmente estava localizada no lado oriental e foi reconstruído em 1958 no lado ocidental. A praça Pariser é ponto de encontro de alemães e turistas.

Reichstag

Um dos edifícios mais expressivos de Berlim. Foi construído no ano de 1894 para abrigar o Parlamento Alemão. Em 1933 sofreu um ataque criminoso por parte dos nazistas, sendo danificado por um incêndio e foi novamente avariado na Segunda Guerra Mundial. No final do século passado ganhou uma cúpula de vidro projetada pelo arquiteto britânico Sir. Norman Foster.

Holocaust-Denkmal (Memorial do Holocausto)

O Memorial do Holocausto (ou Memorial aos Judeus Mortos da Europa) é um memorial que foi projetado pelo arquiteto Peter Eisenmann em homenagem aos judeus mortos no período da Segunda Grande Guerra. Ocupa uma área de aproximadamente 19 mil m².

Alexanderplatz

Originalmente era um grande mercado de gado e lã. Atualmente está em constante transformação com novos edifícios surgindo ao redor, shopping centers, hotéis e restaurantes. É um ponto de encontro entre moradores da cidade.

Fernsehturm (Torre de Televisão)

A Torre de Televisão é a construção mais alta da cidade, medindo 368 metros. Lá em cima há um restaurante giratório chamado Sphere Restaurant. Além de comidas e bebidas, proporciona uma bela vista da cidade.

Marienkirche

Este igreja é dedicada à Santa Maria. O desenho gótico da nave principal e a quantidade de itens decorativos fazem dela uma das igrejas mais interessantes de Berlim. Está localizada bem próxima à Alexanderplatz.

Rotes Rathaus e a Neptunbrunnen

O Rathaus é a prefeitura da cidade. Edifício em estilo renascentista, todo em tijolos vermelhos, também foi danificado durante a Segunda Guerra Mundial, depois reconstruído.

A fonte de Netuno é uma fonte em estilo barroco e está localizada na direção da prefeitura. Repare que o Deus Netuno está cercado por quatro personagens que representam os quatros maiores rios da Alemanha (Reno, Vístula, Oder e Elba).

Berliner Dom

A catedral de Berlim é uma das mais impressionantes catedrais protestantes da Europa. Teve sua cúpula destruída durante um ataque da II Guerra Mundial. Foi reaberta no ano de 1993 após passar por uma restauração que durou nada mesmo que 40 anos. Na sua fachada, sobre o frontão, estão estátuas representando os 12 apóstolos. Foi construída no início do século passado e fica localizada na Ilha dos Museus.

A catedral está aberta à visitação de segunda a sábado, das 09:00 as 20:00h e aos domingos e feriados, das 12:00 as 20:00h. No inverno, o horário de fechamento é as 19:00h. A entrada custa €7. Verifique as informações sobre a visitação no site oficial.

Jüdisches Museum (Museu Judaico)

Se você curte arquitetura, então visitar o Museu Judaico em Berlim será um programa obrigatório. Projetado pelo arquiteto polonês Daniel Libeskind, o museu mostra a história e a cultura da comunidade judaica alemã. A arquitetura recortada do museu remete à estrela de Davi descontraída. Diversos corredores do museu levam à Torre do Holocausto (local sem janelas).

O horário de abertura do museu é de terça a domingo, das 10:00h até 20:00h. Segunda, o horário estende-se até às 22:00h.

Sony Center

O Sony Center fica localizado na Potsdamer Platz. É uma grande cúpula de aço e vidro sobre uma praça rodeada pelos edifícios da Sony europeia. Há também cinema, restaurantes e lojas que funcionam como um Shopping Center.

Ilha dos Museus

A Ilha dos Museus é uma pequena ilha localizada no rio Spree. Além da Catedral de Berlim, ela abriga também 05 museus (eis o porquê do seu nome atual), são eles: Alte Nationalgalerie, Altes Museum, Bodemuseum, Neues Museum e Pergamonmuseum. É um lugar para dedicar um dia inteiro a esta pequena ilha, de importância cultural internacional.

O Altes Museum reúne um grande acervo de antiguidades greco-romanas. Abre de terça a domingo das 10:00h às 18:00h. Fechado às segundas.


O Neues Museum é composto de um extenso acervo egípcio e artefatos de Tróia. Aqui está o famoso busto de Nefertiti, esculpido em pedra calcária (não era permitido fotografar, mas se você não está se lembrando, joga no Google que encontrará facilmente). Abre de segunda a domingo, das 10:00h às 18:00h.

Alte Nationalgalerie é a Galeria Nacional dedicada à arte moderna alemã. Abre de terça a domingo das 10:00h às 18:00h. Fechado às segundas.

Pergamonmuseum é o mais concorrido dos museus da ilha. Há constantemente fila para acesso a ele. Seu acervo é composto por peças de antiguidade  greco-romanas, do oriente médio e arte islâmica. O imenso Altar de Pérgamo foi reconstruído dentro do museu, assim como outras estruturas arquitetônicas do mesmo período, como o Portão de Ishtar, que data do século VI antes de Cristo. E isto é muito impressionante!

Funciona de segunda a domingo, das 10:00h às 18:00h.

O Bodemuseum abriga moedas, joias e arte bizantina. Funciona de terça a domingo das 10:00h às 18:00h. Fechado às segundas.

Estas são algumas das atrações imperdíveis de Berlim. A cidade ainda tem muito mais a oferecer. Boa comida, arte de rua, cervejas artesanais e muito mais. Permita-se curtir a cidade no ritmo calmo que poucas metrópoles ainda conseguem transmitir aos seus ocupantes.

Veja o mapa abaixo com todos os pontos turísticos de Berlim que foram citados neste post.

Dica de bronze: se você pretende conhecer os museus da cidade, uma boa dica é o Museum Pass Berlin que te permite conhecer os museus por 3 dias a um preço mais baixo em comparativo com pagar as tarifas individuais.

Dica de prata: nós utilizamos o cartão de transporte público Berlin Welcome Card 5 days, pois este cartão te dá direito a viagens ilimitadas de ônibus, metrô (este funciona até 1:00h da manhã) e trem durante o seu período de vigência e ainda desconto em diversas atrações.

Dica de ouro: se quer economizar pra valer, há uma linha de ônibus regular chamada Bus 100 que faz o trajeto entre Zoologischer Garten até Alexanderplatz passando por diversos pontos turísticos. É um ônibus de 2 andares que faz um circuito turístico a preço de uma passagem regular.

Esta foto é só para te lembrar que a cerveja é muito boa e barata 😉

************************************************************************************************************

Utilizando os links das empresas parceiras do Passaporte Rodado para fazer suas reservas, ganhamos uma pequena comissão. Você não pagará nenhuma taxa extra por isto e, assim, nos ajudará a monetizarmos nosso trabalho.

Reserva de hotel | Aluguel de Carros | Seguro de Viagem | Aluguel de Moto | Aluguel de Apartamento e Casa | Reserva de Hostel | Passagem de Trem pela Europa | Guias de Viagem

Ainda tem dúvidas ou gostaria de compartilhar suas experiências? Deixe seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *