O que conhecer em Berna, a capital da Suíça

Poucas cidades pelo mundo são tão bem preservadas como Berna. O seu centro histórico entrou para a lista de Patrimônios da Humanidade da UNESCO, graças aos seus 6 km de galerias arcadas. A cidade tem uma excelente rede de transporte público, incluindo os bondes que cobrem boa parte da cidade, mas a melhor maneira de conhecer Berna é andando a pé.

Melhor época para visitar Berna?

Os melhores meses para conhecer Berna são entre meio e setembro quando a temperatura da cidade fica em torno de 24°C. Já em janeiro pode chegar a 2°C. Acabou sendo neste clima frio que fui lá.

O que conhecer em Berna?

As fontes de Berna

Você verá pela cidade muitas fontes, mas muita mesmo, e todas elas são lindas. São fontes de águas datadas do século XVI e estão muito bem preservadas. Cada uma delas tem uma decoração diferenciada e a mais famosa dela é a que aparece um ogro engolindo uma criancinha. São mais de 20 fontes no centro histórico e eles estão muito próximas uma das outras. Basta seguir pela região da Kramgasse.

De todas elas sai água potável, por isto a dica de ouro aqui é carregar uma garrafinha sempre com você, assim não irá gastar dinheiro comprando água (que não é barato).

O Parlamento e a Budesplatz

Este é o edifício que abriga o governo suíço e a praça cívica que fica em frente a ele. O edifício do parlamento é composto por duas alas (leste e oeste) e um domo central com 63 metros de altura. Foi inaugurado no início do século XX.

Rio Aare

Como quase toda cidade europeia, Berna também está localizada às margens de um rio chamado Aare. Ele é um afluente do rio Nilo (este eu tenho certeza que você já ouviu falar!). O rio tem destaque na paisagem da cidade.

 

Zytglogge – A torre do relógio

O Zytglogge é um dos pontos turísticos mais famosos de Berna. Na torre podemos ver o relógio mecânico maior e embaixo o relógio astronômico (com o horário solar). Ao lado há figuras de ursos e carpinteiros.

 

Pouco antes de cada hora cheia (cerca de 3 minutos), a multidão já fica aglomerada em frente à torre para assistir ao que seria o balé das figuras mecânicas com música e o badalar dos sinos conforme o horário.

A Casa de Einstein

Em alemão: Einsteinhaus, foi aqui que Albert Einstein elaborou a Teoria da Relatividade.

Einstein morou neste sobrado com a esposa Mileva Marić e seu filho Hans Albert Einstein entre os anos de 1903 e 1905. No apartamento funciona hoje o Museu Einsteinhaus com a mobília original da época, documentos e itens pessoais expostos e também vídeo documentário sobre Einstein e o tempo que viveu em Berna.

A visita não é longa. Uma hora é o suficiente para ver tudo e assistir ao vídeo. Embaixo da casa funciona um aconchegante café.

O museu funciona todos os dias das 10h às 17h.

Catedral de Berna

A Berner Münster foi construída em estilo gótico por volta dos anos 1421 e só foi finalizada no ano de 1893 (e você achando que o seu apartamento comprada em planta demorava pra ser construído). Com exatos 100 metros de altura, é a maior catedral da Suíça.

Igreja São Pedro e Paulo

A igreja foi construída em meados do século XIX e foi a primeira igreja católica na cidade de Berna nas imediações do Rathaus (prefeitura da cidade). O estilo arquitetônico imita o estilo Romântico e Gótico.

Estátua do duque Berchtold V

O duque Berchtold V da casa Zähringen foi o fundador da cidade de Berna e está localizada ao lado da Igreja de São Pedro e Paulo. Esta estátua em bronze foi dedicada a ele. Segundo dizem, a cidade foi nomeada de Berna, pois um urso foi o primeiro animal que ele viu no local. Urso em alemão é Bär, daí Bern no dialeto alemão local da época.

Fachadas decoradas com pinturas

Assim como em Lucerna (leia nosso relato clicando aqui), Berna também possui muitas fachadas de edifícios decoradas com painéis.

Muralha medieval

Berna foi uma cidade medieval. E toda cidade medieval europeia que se preze foi cercada por uma grande muralha para sua proteção. Aqui em Berna parte desta muralha pode ser vista ao longo do rio Aar. A praça lateral à Catedral é um dos melhores pontos de observação.

 

Museu Histórico de Berna

Originalmente chamado de Bernisches Historisches Museum, o museu encontrava-se fechado quando estive lá, mas trata-se de um museu com uma vasta coleção de itens pré-históricos e artefatos antigos de continentes como Oceania, Ásia e América.

Outros dois museus próximo a este são o Museu de História Natural e Museu de Comunicação.

O Parque dos Ursos

O que não poderia faltar em Berna é uma morada dedicada aos ursos, afinal, a cidade tem o seu nome em homenagem a eles. O Bärengraben tem mais de 6.000 m² de área e diversos ursos morando lá, um parque só deles. Como já mencionei aqui, visitei a cidade no inverno e (obvio) os ursos estavam hibernando e não vi nada.

Geral hibernando 🙁

Berna é uma cidade pequena e dois dias são suficientes pra conhecer todas estas atrações que listei. A comida na cidade não é maravilhosa, assim como o atendimento, mas é um dos melhores exemplos preservados na Europa do que era uma cidade medieval.

Abaixo, MAPA com todos os pontos turísticos de Berna citados neste post.

Por esta você não esperava, né? Nem eu!

************************************************************************************************************

Utilizando os links das empresas parceiras do Passaporte Rodado para fazer suas reservas, ganhamos uma pequena comissão. Você não pagará nenhuma taxa extra por isto e, assim, nos ajudará a monetizarmos nosso trabalho.

Reserva de hotel | Aluguel de Carros | Seguro de Viagem | Aluguel de Moto | Aluguel de Apartamento e Casa | Reserva de Hostel | Passagem de Trem pela Europa | Guias de Viagem

Ainda tem dúvidas sobre o que conhecer em Berna ou gostaria de compartilhar suas experiências? Deixe seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *