O tradicional Galeto ao Primo Canto da Casa DiPaolo

O restaurante Casa DiPaolo já foi eleito como “o melhor galeto do Brasil” pelo falecido Guia Quatro Rodas. Nós já havíamos conhecido uma das casas quando passamos pela primeira vez pelas Serras Gaúchas. Voltamos e nos demos conta de como é bom.

O Casa DiPaolo serve a típica culinário do colono italiano, o tradicional galeto al primo canto. Estes imigrantes chegaram à Serra Gaúcha em navios no final do século XIX atraídos pelas promessas do governo com a finalidade de ocupar o sul do Brasil.

Fachada da unidade do Boulevard Laçador, em Porto Alegre

Sobre o galeto ao primo canto, segundo está escrito na Wikipedia “acredita-se que a origem deste prato remonta aos hábitos alimentares dos colonizadores, que costumavam preparar passarinhadas nos dias de festa, com a proibição da caça aos passarinhos, o galeto foi adotado.”

O nome “primo canto” viria do fato de matarem o frango assim que desse os primeiros pios, ou seja, um jovem frango de aproximadamente 25 dias de vida.

A primeira vez que fomos comer o rodízio italiano, como os gaúchos mesmo denominam este tipo de culinário, foi em Bento Gonçalves. Então, repetimos a dose quando estávamos em Caxias do Sul. Agora, pela terceira vez, comemos em Porto Alegre, na casa recém-inaugurada no Shopping Boulevard Laçador (pertinho do Aeroporto Internacional Salgado Filho).

A rede DiPaolo possui atualmente 11 restaurantes espalhados pela Serra Gaúcha, Porto Alegre e também no estado de Santa Catarina. A decoração do espaço me remeteu à uma mistura de cantina italiana com churrascaria brasileira (na foto abaixo você consegue entender o que estou falando), mas isto não desmerece em nada o local. Afinal, a comida é a grande estrela do lugar.

A decoração do interior do restaurante

Estávamos famintos após a viagem de avião vindo de São Paulo (fora as esperas de aeroporto) e então iniciou a nossa sequência com pães e polentas fritas. Vou ser bem sincero, após comer a polenta (que estava maravilhosa), eu desdenhei dos pães e me empanturrei de polenta… hahaha.

Pão e polenta frita

Logo na sequência, chegou uma tigela enorme de sopa de agnolini. Uau! Esta sopa de capelete de frango me conquistou e se tornou a minha etapa preferida deste rodízio. São capeletes em formato pequeno (bem menor que o tradicional) em um caldo de galinha muito bem temperado. É viciante!

Sopa de agnolini: minha etapa preferida!

Então, chegou a hora da estrela do rodízio e o galeto ao primo canto foi servido, juntamente com a salada de rúcula com bacon, o queijo à dorê e a maionese tradicional, também deliciosa. Você já deve estar se perguntando o que nós não achamos delicioso e a resposta é: nada! O galeto chega à mesa crocante por fora e macio por dentro. Muito suculento!

Galeto al primo canto e seus acompanhamentos

Não seria uma tradicional comida italiana se não tivesse bastante massa no meio. Por conta disto, há um pequeno cardápio de massas e molhos sempre na mesa para que você possa pedir qualquer uma destas combinações a qualquer tempo. Pedimos um espaguete ao alho e óleo para acompanhar o galeto.

O cardápio de massas

Todos estes itens do rodízio (T-O-D-O-S) não param de ser servidas enquanto você não deixar claro que já não cabe mais nada. Exceto a sobremesa, pois sempre tem espaço pra sobremesa e aqui ela também está contemplada na sequência.

Para finalizar a fartura, são oferecidas três opções de sobremesa: sagu com creme, ambrosia e pudim de leite condensado. Pedimos as três! Todas deliciosas, mas daremos um destaque ao sagu de vinho tinto com creme, pois estava incrível.

O que era este sagu com creme?! wow 😮

O atendimento do local é excelente, daquele tipo que faz você querer voltar. Os garçons são atentos e com uma simpatia bastante natural. Prepare-se, pois você irá desejar voltar ao Casa DiPaolo.

************************************************************************************************************

Utilizando os links das empresas parceiras do Passaporte Rodado para fazer suas reservas, ganhamos uma pequena comissão. Você não pagará nenhuma taxa extra por isto e, assim, nos ajudará a monetizarmos nosso trabalho.

Reserva de hotel | Aluguel de Carros | Seguro de Viagem | Aluguel de Moto | Aluguel de Apartamento e Casa | Reserva de Hostel | Passagem de Trem pela Europa | Guias de Viagem

Ainda tem dúvidas sobre a gastronomia da Serra Gaúcha ou gostaria de compartilhar suas experiências? Deixe seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *