Como conhecer Paranapiacaba em um bate-volta partindo de São Paulo

No século XIX, por conta da companhia inglesa de trens São Paulo Railway, Paranapiacaba se desenvolveu graças ao centro de controle da companhia e seus funcionários, que passaram então a serem os moradores do local. Atualmente, Paranapiacada é um distrito de Santo André, no ABC Paulista e tem sido um dos principais destinos para um bate-volta da capital paulista.

Como chegar em Paranapiacaba?

Uma das formas mais comuns é ir de trem. Existe o Trem Expresso Turístico que parte da estação da Luz, no centro de São Paulo, em direção à estação Paranapiacaba, com parada prevista na estação Prefeito Celso Daniel, em Santo André. Tem saídas apenas aos domingos (nos outros dias pode-se fazer este trajeto com o trem comum). Para maiores informações, visite o site oficial da CPTM.

Outra opção é de ir carro. Quando o distrito recebe eventos, não é permitido entrar na área urbana e deve-se estacionar o carro uns 5 km antes e seguir com um ônibus que faz apenas este trajeto (já está incluso no valor do estacionamento, que não é baixo). Pagamos em jul/17 R$40,00!  😮

O que fazer em Paranapiacaba?

Fotografar a Torre do Relógio e o Pátio Ferroviário

O grande símbolo de Paranapiacaba é a torre do relógio. Simboliza não somente a essência do porquê a cidade está ali, como mantém parte de sua história presente aos olhos de todos os visitantes.

A torre foi construída no século XIX em estilo inglês. O relógio foi fabricado pela Johnny Walker Benson, sediada em Londres , e trazido ao Brasil.

A ponte metálica foi construída em 1899 para permitir a travessia, de forma segura, de pedestres entre a Parte Alta e a Parte Baixa. Até hoje é a única ligação segura entre as duas partes (a outra forma seria cruzar os trilhos a pé).

Visitar a igreja e o cemitério

Logo na entrada da cidade ficam o Cemitério e Igreja do Bom Jesus. Dali, é possível ter uma bela vista panorâmica da cidade, incluindo a Torre do Relógio.

O cemitério foi construído em um terreno doado por Bento José, um dos primeiros moradores da parte alta da cidade. Lá encontra-se enterrados diversos trabalhadores da São Paulo Railway que morreram em serviço.

Curiosidade: na parte baixa, próximo ao pátio ferroviário, você encontra um eucalipto nomeado de “Pau da Missa”. É isto mesmo que você leu! Devido sua localização estratégica (está localizado entre a Vila Martin Smith, a Vila Velha e a Parte Alta) ficou conhecido como o lugar de fixação de bilhetes e avisos públicos, como aviso de missas e falecimentos.

Visitar a Casa Fox e a arquitetura em estilo inglês

A Casa Fox, também chamada de Casa da Memória, é uma das casas em estilo inglês que estão por toda a cidade. Infelizmente, a maioria delas está em mal estado de conservação.

Na Casa Fox você pode conferir uma casa em bom estado de conservação com porão em pedra, parede dupla, forra treliçado de madeira e fogão à lenha. Foi restaurada em 2005 com recursos da American Express em parceria com a Prefeitura de Santo André.

A visita é gratuita e faz-se em poucos minutos. Frequentemente recebe pequenas exposições de arte em seu interior. No dia que visitamos, estava acontecendo uma exposição de pintura naif brasileira.

Conhecer o Museu Castelo

O museu fica no topo do morro e tem vista para todo o centro de Paranapiacaba. Foi construído no ano de 1897 para ser a moradia do engenheiro Frederic Mens, responsável pelo funcionamento da ferrovia. A localização da casa era estratégica, porque lá do alto ele poderia acompanhar toda a movimentação de trens e funcionários da companhia ferroviária.

Hoje funciona um museu que abriga mobiliários e objetos antigos, equipamentos que eram utilizados nos trens e até objetos pessoais de operários que viveram naquela época.

A visita ao interior da casa é guiada e dura aproximadamente 30 minutos.

Curtir um dos festivais que acontecem na cidade

Alguns festivais costumam acontecer em Paranapiacaba como o Festival do Cambuci, Festival de Inverno e o Carnaval.

Fomos conhecer a cidade durante o XVII Festival de Inverno. As ruas ficam lotadas de pessoas para curtir as atrações musicais que se espalham por diversos palquinhos nas principais ruas, ao som de jazz, MPB e até Rock.

Li que a cidade costuma receber cerca de 100 mil visitantes durantes as duas semanas do festival.

Além de música, marcam presença diversos produtores de cachaça, doces e comidinhas para alegria da galera. Marca presença na festa também a fruta Cambuci, que é típica da região de Mata Atlântica. Um festival dedicada a ela costuma acontecer todos os anos no mês de abril.

O Carnaval é outro momento que enche a cidade. Com bloquinhos tocando marchinhas de carnaval, a cidade fica tomada de foliões durante os quatro dias do feriado.

Fazer trilha

Li que existem seis trilhas com diferentes espalhadas pelo Parque Natural Municipal Nascentes de Paranapiacaba. Não foi desta vez que tivemos a oportunidade de nos aventurarmos em alguma, muito menos explorar o parque, mas ficamos com vontade de voltar e aproveitar um pouco mais do lugar que fica pouco menos de 2h distante da capital São Paulo.

A AMA Paranapiacaba (Associação dos Monitores Ambientais de Paranapiacaba) fazem city tour e trilhas guiadas. A sede fica instalada em um casa na Parte Baixa do município. Informações pelo telefone (11) 4439-0155.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Dica de ouro: já estávamos quase de saída da cidade, quando nos deparamos com um simpático café chamado Infinito Olhar. O lugar é um charme, cheio de peças de mobília garimpadas, som de vinil tocando na vitrola e café gourmet que você mesmo prepara na mesa. É a melhor maneira de se despedir da serra.

Paranapiacaba tem grande potencial de ser tornar um destino de final de semana, mas ainda falta um longo caminho pela frente, seja por falta de investimento da prefeitura de Santo André, ou falta de incentivo de empresas apoiadoras. O fato é que encontra-se mal conservada. Ainda assim, é um bom destino para quem curte fotografar, aproveitar um clima mais frio e a natureza.

************************************************************************************************************

Utilizando os links das empresas parceiras do Passaporte Rodado para fazer suas reservas, ganhamos uma pequena comissão. Você não pagará nenhuma taxa extra por isto e, assim, nos ajudará a monetizarmos nosso trabalho.

Reserva de hotel | Aluguel de Carros | Seguro de Viagem | Aluguel de Moto | Aluguel de Apartamento e Casa | Reserva de Hostel | Passagem de Trem pela Europa | Guias de Viagem

Ainda tem dúvidas sobre Paranapiacaba ou gostaria de compartilhar suas experiências por lá? Deixe seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *